Opera para a cidade



O livro Ópera Anti-Instrumental ao Vazio Homérico da Cidade não leva este nome à toa. Ele é um espelho da cidade moderna e produzido sob a luz da visão de teóricos como o geógrafo francês Érik Dardel e o britânico Jonathan Raban. Trata do homem e da cidade e constitui-se como continuidade, em sentido não definido, do meu primeiro trabalho “Catálogo Maçante das Coisas Comuns”. Este segundo livro de poemas venceu o prêmio Rota Batida de Literatura e um de seus poemas foi classificado entre no concurso da ADUFRN em 2014. 

Comentários